Este artista já consagrado no meio gospel, com cd’s solo desde 1990. Apesar de não ter conseguido um espaço maior no meio secular, tornou-se um nome indispensável no meio cristão, tanto em solo como pela trajetória com a banda Catedral.

O álbum conta com cinco músicas inéditas e regravações de grandes sucessos do cantor, como “O Amor Eterno”, “Ontem” e “Gratidão”, além de “Jesus Provou”, do grupo Elo; “Quando se está só”, de Sérgio Pimenta; e “Teus Preceitos”, da Banda Sinal de Alerta. Como não poderia faltar em um projeto de Kim, o álbum também traz músicas românticas e inova com faixas no estilo sertanejo universitário, como “A Hora é Essa” e “Declaração de Amor”.

Para o cantor, o álbum é mais que especial por ter nascido durante um período em que teve a oportunidade de estreitar ainda mais seu relacionamento com Deus. “O maior peso deste CD está no repertório. As composições estão tão fortes que até hoje me emociono ao cantar algumas delas. Essas letras foram escritas em momentos de pura intimidade com Deus. Já com relação à sonoridade, o CD vem com um estilo que promete agradar a todos, com violão, piano, violino, bateria e percussão, dentre outros instrumentos”, explica Kim.

Fonte: Line Records