Depois de um looooooongo tempo sem postar, voltei para dar uma moral aqui… estava muito abandonado… não podia deixar ficar assim..hehehehe… mas vamos ao q interessa…

Você já sem viu frente a uma linha de combate? Provavelmente, não… Os amantes de filme de guerra, com certeza, já vislumbram essa imagem. Estar ali exige muita adrenalina e disposição para avançar frente a linha inimiga. Como vemos nos filmes, os soldados que ficam nessa linha são os primeiros a avançarem e a abrir caminho para o restante do grupo que vem atrás. É certo que nem todos estão dispostos a encarar esse trabalho.

Passamos agora para outro prisma; o Reino de Deus. Uma passagem que retrata muito bem o que estou querendo dizer é o texto do rei Josafá. Orientado por Deus, ordenou que os músicos estivessem na linha de frente de combate. Muita responsabilidade, não?? Eles deveriam tocar seus instrumentos e entoar cânticos de guerra para estimular o povo para avançar e conquistar a guerra, pois a batalha era do Senhor. Sempre vejo o Ministério de Louvor como um grupo que necessita de pessoas altamente preparadas para esse ofício. É preciso que todos saibam manejar bem seus instrumentos (isso inclui a voz também) e ainda dar o grito de estímulo ao povo rumo à vitória. Acho isso lindo, mas um pouco distante de alguns que fazem parte desse grupo.

Sempre falei e enquanto entender dessa forma, irei falar constantemente: “Deus precisa de pessoas ousadas e firmes para permanecerem na Sua linha de frente e abrir caminhos nas trincheiras inimigas em prol do Seu Reino”. A passividade é algo que o Senhor dos Exércitos abomina em Sua tropa. Devemos avançar, conquistar almas em nome de Deus. Destruir as ciladas do diabo e anunciar que o Reino de Deus é chegado a todos. Não pode existir espaços para intrigas, “disse-me-diss”e e outras bobeiras onde várias pessoas insistem em fazer e com a coragem de dizer com o peito cheio: “Faço parte desse exército…” Por favor, senhores… Assumam em que lado vocês realmente estão. Não existe meio termo no Exército de Deus. Ministros de louvor (vocalistas, instrumentistas, técnicos de som, responsável pelo retroprojetor e/ou data-show) vistam a camisa do Reino quando estiverem louvando e abram caminhos para o povo vitorioso que se chama pelo nome de Deus passar. Temos muitos campos para conquistar, como o próprio Jesus disse: “A seara é grande, mas poucos os ceifeiros…”

Até o próximo post…
[]’s